Catálogo Rossi de 1974



Quando se falava em Rossi era como  se falar em Brahma, de imediato vinha a mente de qualquer brasileiro a relação com espingarda ou então com o revólver dessa  marca.

Em 1974 foi lançado este que foi o  segundo catálogo pela Rossi, como mostra a foto.

Não recordo bem , mas acho que foi nessa época que comprei uma cal.12 da Rossi canos paralelos mocha modelo Bonanza, com báscula branca toda cinzelada à mão com belos desenhos. Infelizmente Há muito tempo me desfiz da arma.


                                                                                                                                         O catálogo exibe página a página as perdas que tivemos em relação as armas.

Logo na primeira página interna vemos a reprodução de uma pintura   do famoso marrecão que era muito caçado no Rio G. Sul e há muito tempo proibido por conta dos anti-armas. Esta foi a primeira derrota dos caçadores e dos amantes das armas.


Depois da proibição da caça no RS, que era o único estado que se podia caçar,logo veio o primeiro recadastramento das armas, depois o referendo em 2005 que felizmente foi derrotado pelo povo que não caiu na armadilha do governo quanto a proibição total das armas. Mesmo aqueles que nunca tiveram uma arma acharam que não era justo o cidadão de bem perder o direito de possuir uma arma.


As perdas foram se dando gradativamente. Todos aqueles que fizeram de boa intenção o segundo recadastramento das armas agora na PF, hoje estão na mesma situação daqueles que ainda possuem uma arma sem registro. O registro feito na PF, ou por último no  correio, foi uma armadilha, pois hoje para renovar há necessidade de ter capacitação de tiro realizada por instrutor credenciado e passar por exame psicológico. O cidadão que tinha há trinta anos ou mais  antes do recadastramento um .38 canela seca está obrigado a gastar mais que o valor da arma para renovar o registro. O que vocês acham que vai acontecer? Portanto é uma coisa irreal, não condiz com a realidade.

Isso tudo leva a crer que ele, o governo, não conseguiu proibir, mas está cada vez mais arrochando fazendo com que o cidadão se renda e entregue sua arma. É um desarmamento sorrateiro.

A foto que vemos acima de um garoto com sua arma de pressão, mostra que antigamente a garotada iniciava o gosto pelas armas à partir da espingarda de pressão e que hoje a mais simples só pode ser vendida para maiores de 18 anos. Se não bastasse isso estão em vias de proibir a entrada de menores em clubes de tiro!!! Esses fazedores de leis absurdas não sabem que clube de tiro não incentiva a violência, pois  é um local de prática de esporte que leva a boas maneiras, regras , concentração e atração pelo esporte. É o mesmo que o jovem ingressar numa escola de música, tem o aprendizado ,  boas maneiras, tudo em prol do corpo e da mente.



Esta foto mostra o pai presenteando o filho com uma arma de pressão.

Hoje por conta da mídia a arma se tornou o vilão, as crianças nem podem mais brincar com revolveres de plástico, na cidade de  Brasilia não se pode vender nada que atire , exceto que atire água.

 O mundo todo segue essa tendência de proibição das armas por conta de entidades poderosas que querem dominar o planeta, pois a população desarmada é indefesa.

8 visualizações

©2019 by RECARGAMATIC.