Herter´s



Herter´s

Era um belo sábado ensolarado de primavera, meu empregado e eu estávamos cuidando da fervura da garapa num tacho de cobre para transformação em melado. As canas foram cortadas na véspera, e naquele dia logo de manhã foram amassadas nos cilindros de aço do engenho portátil que meu pai construiu. A engenhoca tem uma caixa de redução feita com engrenagens de câmbio de caminhão. A propulsão era a princípio por motor à gasolina, pois meu pai levava o engenho nos sítios dos amigos e lá mesmo fazia o melado. Depois a engenhoca não saiu mais viajar e coloquei um motor elétrico.

Nós estávamos a ferver a garapa, quando chega o Sr. Arnaldo Riciardi, um agrônomo muito conhecido de Piracicaba, que era casado com uma filha do Mário Dedini fundador da Dedini Metalúrgica, hoje uma das maiores fabricas de máquinas para usinas de açúcar do Brasil. Por sinal trabalhei nessa firma no início da minha carreira.

O Arnaldo logo retirou do bolso um papel de verificação do Ph, mergulhou no caldo e nos deu algumas instruções. Arnaldo naquela época já era um senhor idoso, logo depois faleceu. O Dr. Arnaldo, como era chamado, foi um grande desportista na caça e na pesca e gostava muito da mecânica.

Mas, o mais curioso foi que ele trouxe dentro de uma caixa uma máquina toda esquisita que após nossa verificação certificamos que era uma prensa de recarga de cartuchos. Como ele não usava, deixou-me de presente, coloquei-a numa prateleira e ficou lá por muitos anos. Um dia foi parar nas prateleiras de fora e ficou mais um bom tempo. Dias atrás me lembrei da prensa e fui o seu encalço. Deparei com um ninho de rato dentro da caixa e muita ferrugem. Retirei, limpei bem lubrifiquei e fui pesquisar a origem da prensa. É uma original Herter´s, fabricada por uma indústria de prensas de recarga de origem americana que iniciou em 1.893 e encerrou suas atividades na década de 60. Se procurarmos por Herter´s na web o direcionamento é para Cabela, creio que a Cabela comprou os direitos da marca, que outrora fora muito popular nos EUA.

O mais interessante dessa prensa é seu polvorímetro que, como mostra a foto tem dois tubos e um êmbolo que gira 1\2 volta. Dum lado lança a pólvora e do outro lança o chumbo. O mais curioso é que possui regulagem de volume. Usando arruelas parafusadas no fundo do orifício de forma que pode aumentar ou diminuir a carga.

Navegando pela internet podemos achar algumas peças da Herter´s à venda nos EUA.


Outra pessoa que nunca esqueço é o Sr. Sandor Hauser, homem cativante, simpático e grande conhecedor de recarga de munições. Na época  aposentado já carregava uma boa idade, mas com  disposição invejável. Ele me deu uma cópia de um manual de recarga editado pela NRA (National Rifle Association of America) editado em 1960, que guardo até hoje e que vez ou outra folheio, onde sempre encontro coisas interessantes. 


O manual mostra como fazer projéteis encamisados de. 223 utilizando cápsulas detonadas de .22 long rifle. Também mostra como fazer “swaging pistol bullets” (prensagem de projéteis de revolver com auxilio de ferramentas apropriadas). Outra coisa que mostra é “Cooper driving bands” Colocação de tubo de cobre no momento da fundição do projétil para propiciar maior dureza na banda de atrito com o raiamento. Um detalhe interessante do livro é que sempre aparece “Here´s how I did it” que são informações simples de como leitores resolveram algumas questões relativas à recarga.

O Sandor sempre me visitava, vinha num corcel II acompanhado por sua pacienciosa esposa que ficava por horas esperando o marido dentro do carro sem reclamar.

Um belo dia aparece ele com um saco de cápsulas detonadas do calibre .22 long rifle. Pediu que eu fizesse uma prensa mod. O de recarga em latão. Para agradar o simpático homem, aceitei o desafio. Assim, mandei fundir umas três prensas em latão usando o material das cápsulas detonadas e depois com um pouco de sacrifício, pois estamos preparados para usinar fofo, sem alterar a geometria das ferramentas, com um pouco de paciência usinamos as peças. As prensas ficaram invejáveis.

1 visualização

©2019 by RECARGAMATIC.