©2019 by RECARGAMATIC.

Revendo velhos amigos


        Um sábado de novembro, a convite de dois amigos, um deles Rodolfo Versori e outro Dr. Carlos Corbucci, mais conhecido como Carlinhos, estivemos em Jaguariuna-SP.

       O Rodolfo nos esperou na entrada da cidade e nos conduziu primeiramente, para seu sítio encantador, chegando lá só trocamos de condução e nos dirigimos para o sítio do Sr. Benvenutto Tille, consagrado desportista do tiro. Na tão bela propriedade, ele construiu um estande de tiro, já regulamentado pelos órgãos competentes e um espaço de lazer com churrasqueira ao estilo Argentino. Se não bastasse,para completar a beleza do local, corta junto ao espaço de lazer um lindo rio, totalmente isento de poluição onde  pode-se apanhar diversas variedades de peixes. 

         O Carlinhos tinha-nos convidado para comemoração de seu aniversário e qual foi nossa surpresa, que também estava comemorando a consagração do título a ele proferido de melhor motorista do ano, pela revista quatro rodas. Disputou este concurso este mês e foi vitorioso dentre milhares de concorrentes do Brasil.


        O Nutto, como também é chamado o Sr. Tille, tinha preparado um antepasto de beringelas com abobrinhas, receita esta que aprendeu num curso de culinária na região de Piemonte na Itália, o qual saboreamos e inquirimos a receita. .Além disso pudemos provar saborosas sardinhas portuguesas assadas , que estavam deliciosas. Após contatar diversos conhecidos meus ali presentes e também conhecer o estande, retornamos para o sítio do Rodolfo.

       No bem cuidado sítio  de bom gosto, fomos recebido com um antepasto de torresmos de suínos criados no local, queijos e carpaccio, tudo preparado pela excelente cozinheira Marlene ,esposa do Rodolfo.


       Estava presente para o almoço o Sr, Bruno.Tailoli, italiano, residente há muitos anos no Brasil e desportista do tiro ao pombo. Ele nos contou que quando criança, na Itália, por volta dos oito anos, seu pai já o levava, no cano da bicicleta para as caçadas de pequenos pássaros. Foi assim que abraçou o esporte do tiro e também da caça.

       Após longa conversa com o Rodolfo, que além de caçador é também um conservacionista, gosta de caçar  e é um defensor da natureza. Falamos e recordamos os velhos tempos de caçadas e também curtimos algumas fotos. Assim sendo, demos por encerrada a tão grata visita que nossos  amigos desportistas nos proporcionaram.

0 visualização